22 Vozes para 2022: dê seu voto!

Identificar e impulsionar jovens lideranças com ideias focadas em sustentabilidade ambiental, equidade e inclusão e impacto social. Este é o objetivo do projeto 22 Vozes para 2022, que pré-selecionou 19 brasileiras e brasileiros de diversas regiões, que já vêm promovendo transformações sociais em suas comunidades e que irão mobilizar mudanças ainda maiores em 2022.


Até aqui, o 22 Vozes para 2022 promoveu a capacitação desses jovens, que tiveram duplas de trabalho com líderes da Procter & Gamble e trocaram conhecimentos entre si, possibilitando a construção de uma rede cooperativa de fortalecimento. Cada um desses jovens recebeu uma ajuda de custos durante a jornada, além de formação teórica pela Tree Diversidade.

APRESENTADO POR:

PRODUZIDO POR:

Chegamos ao momento de selecionar os cinco projetos finalistas que irão concorrer ao prêmio de 10.000 reais.


E seu voto será decisivo para apontar um desses finalistas, que se juntará aos quatro escolhidos pela pré-banca formada pelos mentores da Procter & Gamble.


Assista aos vídeos dos 19 projetos e dê seu voto aqui mesmo em Exame.com, entre os dias 17 e 28 de janeiro de 2022.

O resultado será divulgado no dia 8 de fevereiro de 2022, em um evento híbrido, com transmissão ao vivo no canal oficial da P&G no YouTube.

CONHEÇA OS PROJETOS

Beatriz Borba de Morais Ribeiro Silva (Olinda, PE)

Projeto: Bio Educação Digital

Em 2016, quando tinha 17 anos, Beatriz criou um blog com o objetivo de simplificar as informações sobre ciência e, assim, alcançar mais pessoas. Hoje, o projeto é uma plataforma de conteúdo, redes sociais com mais de 57.000 seguidores, treinamentos e produtos digitais sobre biologia.

Adriano Almeida de Lima (Goiânia, GO)

Projeto: Batalha dos Negros

Morador da periferia de Goiânia, Adriano observou o crescimento da criminalidade na sua comunidade. Para engajar as pessoas e evitar que se aproximem do crime, criou em 2020 as batalhas de rap nas praças da cidade.

A votação está encerrada, aguarde o resultado.

Carolina Cabral Gomes (Seropédica, RJ)

Projeto: Projeto Social Melhorando a Minha Comunidade

Dentista formada em 2021, Carolina presta atendimento odontológico básico – aplicação de flúor e diagnósticos de cárie, por exemplo – e promove atividades socioambientais com crianças em situação de vulnerabilidade.

Beatriz Sousa da Silva (São Paulo, SP)

Projeto: Reducicla

Beatriz é um dos cinco integrantes do coletivo de reciclagem e educação ambiental criado em 2018, que quer trazer inovação e tecnologia para o tema da reciclagem nas comunidades.

Carolina Destro (Lorena, SP)

Projeto: Associação Socioeducativa Projeto Criança Feliz

Aos 20 anos, a estudante de engenharia química preside o projeto que atende 130 crianças e jovens de 3 a 18 anos, por meio de 16 frentes educacionais de estímulo ao protagonismo e ao empoderamento.

Emerson Silva (Brasília, DF)

Projeto: Favelbeauty

Artista periférico, estudante de administração e atendente em uma copiadora, Emerson criou juntamente com uma amiga esta agência de modelos para mostrar “a beleza da favela”, ou seja, revelar talentos que fogem ao padrão das tradicionais agências de modelos.

Juliana Wanderley (Rio de Janeiro, RJ)

Projeto: Brasalab

Juliana representa este coletivo formado por 25 pessoas negras, que produz uma revista digital cujos temas abordam música, hip hop e cultura negra de forma geral.

João Henrique Marinho de Sá Junior (Rio de Janeiro, RJ)

Projeto: Favela Soluções Orgânicas

Cursando biologia, o morador do bairro carioca de Realengo criou uma ferramenta de reciclagem de resíduos orgânicos recolhidos em feiras do subúrbio. O intuito é produzir e vender adubo oriundo da compostagem para gerar renda e integrar esse projeto às hortas de plantas medicinais já existentes.

Lázuli Mashal Santos (São José, SC)

Projeto: Negrócios.com

Casado e pai de quatro filhos, Lázuli lançou em outubro de 2020 esta ferramenta financeira digital cuja meta é incentivar o Black Money e o empoderamento negro por meio da conexão de pessoas pretas.

Lorraynne Barbosa (Penápolis, SP)

Projeto: Barbosateajuda

Durante a pandemia, a estudante de comércio internacional passou a gerar conteúdo, dar mentoria e ministrar treinamentos a respeito de marketing digital para pessoas leigas. Agora, ela quer compartilhar esse conhecimento com outras mulheres negras empreendedoras.

Marcelo Natal Borges (São Miguel do Araguaia, GO)

Projeto: Folhas que salvam

Aos 18 anos e estudando jornalismo, Marcelo criou ainda no ensino médio o programa de formação de jovens embaixadores para atuarem em suas comunidades com questões ambientais. O projeto já possui 138 jovens representantes em 88 cidades de 24 estados e, além de distribuir mudas, ensina a montar composteiras.

Luana Rosas da Silva (São Paulo, SP)

Projeto: Auujuda

Luana iniciou o projeto durante a pandemia, mas o abandono de animais é um problema anterior a esse período. Por isso, ela criou esse pet shop de apadrinhamento e adoção de animais de estimação.

Natiele Santos (Rio de Janeiro, RJ)

Projeto: Ecobagzanu

A estudante de artes cênicas começou a produzir ecobags pintadas a mão como expressão artística preta para ter uma fonte de renda durante a pandemia. Agora ela quer expandir essa produção para um movimento artístico, preto, humanizado.

Nicolas Ballestero Cunha (São Paulo, SP)

Projeto: Tropic House Tecnologia Imobiliária

Nicolas tirou do papel o projeto de construção de moradias sustentáveis e de mínimo impacto no meio ambiente em julho passado: desde então, realizou oito construções. Quer expandir para construir chalés em série e lançar um aplicativo para que o cliente crie e personalize sua própria casa, que será entregue em 90 dias.

Thiago Messias Morais da Silva (São Paulo, SP)

Projeto: Cidade Tiradentes: Território de Direitos Através das Tecnologias Ancestrais

Criado em junho de 2021, esse projeto atua diretamente no combate ao racismo e à intolerância religiosa. O advogado e estudante de gestão de políticas públicas montou um escritório de assessoria jurídica e contábil para a regularização e o reconhecimento de direitos dos terreiros e dos líderes de religiões de matriz africana.

Vítor Kruel (Porto Alegre, RS)

Projeto: Brasil sem Dívidas

Formado no ensino médio em eletrotécnica e já atuando no mercado financeiro, Vítor criou um jogo de educação financeira voltado para estudantes de ensino fundamental e médio. Graças a uma parceria com a prefeitura de Guaíba, pretende implantar o projeto em escolas.

Adriano Almeida de Lima (Goiânia, GO)

Projeto: Batalha dos Negros

Morador da periferia de Goiânia, Adriano observou o crescimento da criminalidade na sua comunidade. Para engajar as pessoas e evitar que se aproximem do crime, criou em 2020 as batalhas de rap nas praças da cidade.

Vitor Pereira Gonçalves (São Paulo, SP)

Projeto: Hyppet

O trabalho voluntário em feiras de adoção de animais domésticos incentivou Vitor a criar esse projeto: um aplicativo de adoção de cachorros que une interessados aos cães abandonados. Em dois anos, conseguiu mais de 500 adoções. Agora quer levar a ação a outras cidades e ajudar mais ONGs.

Wagner Isquierdo (Rio de Janeiro, RJ)

Projeto: Senzu Vitamin

Surfista nas horas vagas, Wagner juntou-se a um amigo para desenhar, em 2021, uma linha de vitaminas naturais para melhorar a saúde e o bem-estar de quem pratica esportes.

Wellington Adriano da Silva (São Paulo, SP)

Projeto: Hope Box

Empreendedor social e estudante de marketing, Wellington criou o projeto em outubro de 2020, em que realiza eventos em comunidades carentes da zona leste de São Paulo. Já atendeu 600 crianças e vem impactando adultos e idosos vulneráveis, também por meio de doação de cestas básicas.

PRODUZIDO POR EXAME SOLUTIONS

Importante: os conteúdos e opiniões contidos nos vídeos são responsabilidade dos autores e não necessariamente refletem a opinião da EXAME ou de seus controladores.